sábado, 8 de setembro de 2012

Abdominais parte II

Como dizia no post anterior dedicado ao abdomén, quanto mais utilizas o abdomén de uma forma dinâmica em vez de uma forma isolada, quanto mais exercícios de bodyweight (exercícios só com o peso do corpo), mais estás a utlizar o teu "core" de uma forma funcional e mais estás a prevenir futuras lesões.
Outra dica quanto aos abs é de que este músculo não implica grandes movimentos para ser trabalhado. Poderemos fazer crunchs, leg raises, sit ups, no entanto os treinos de isometria e de estabilidade são muitas vezes os melhores para o "core". Por exemplo o "plank" é uma forma de treinar de forma estável e sem movimento todos os grupos musculares que compõem o abdominal e que previne lesões e esforços demasiados na coluna e pescoço! Para além de que com este "plank" estamos a trabalhar os ombros, as costas, o peito, os braços, as pernas...está tudo a ser activado durante este exercício de abdomnén o que ainda por cima ajuda a queimar mais calorias uma vez que está a trabalhar todo o corpo.

Além de tudo isto não esquecer que por mais treino que façamos para o abdomén, este não se vai ver a não ser que queimemos gordura. A gordura que envolve os nossos músculos e em especial a zona abdominal tem de ser queimada para deixar transparecer o famoso "six pack"! E aqui já sabemos porque inclusivé já falei anteriormente, passa tudo pela dieta e por uma alimentação saudável e por um treino mais intenso e rápido...temos de levar o nosso corpo a treinar numa média de 85% do valor dos nossos batimentos cardíacos máximos (ao valor da tua idade subtrai 220 e multiplica por 0.85) para queimar aquela gordura a mais e começar a delinear uma barriguinha tonificada.

Também na realidade não é necessário treinar de forma isolada o oblíquo, pois ao realizar movimentos como o "squat" e o "peso morto", acabamos por estar a treinar mais estes músculos devido á estabilidade necessária para os realizar e manter a coluna alinhada, do que ao fazê-lo de forma isolada...podemos não o sentir tão intensamente no entanto estamos a trabalhar mais...interessante não?

Bons treinos...