sábado, 2 de março de 2013

PROTEÍNA DE CÂNHAMO

A proteína de cânhamo contém todos os aminoácidos essenciais e é considerada uma fonte completa de proteína de muito fácil digestão quando comparada com a carne, soja ou os laticínios por ser uma proteína vegetal. A proteína de cânhamo crua tem ainda enzimas que vão ajudar no processo digestivo, a aumentar a energia, e dar suporte ao sistema imunitário.
Receber uma proteína apropriada é também importante para manter os níveis de açúcar no sague regulados e evitar os desejos de açúcar e comidas rápidas menos saudáveis.

As sementes de cânhamo contêm ácidos gordos essências ómega 3 e 6 na proporção ideal para a saúde humana e são igualmente ricas em fibras, minerais, clorofila, magnésio, cálcio, ferro potássio, fósforo, enxofre, fitoesteróis, ácido ascórbico, beta caroteno, riboflavina, niacina, tiamina e fibras. A proteína de cânhamo não tem glúten e não tem colesterol e tem 0% THC.

A proteína de cânhamo deve ser comida no estado cru para os seus ácidos gordos essenciais não se transformam em ácidos gordos trans, prejudiciais para a saúde. Além disso, o cultivo de cânhamo não requer herbicidas nem pesticidas.

Este alimento é recomendado para todos e pode ser uma boa fonte de proteína para vegetarianos e véganos e pessoas com actividade muito intensa, desportistas e crianças. Pode ser misturado na tua bebida preferida, com leite, água ou iogurtes. Eu misturo no iogurte ou faço num batido com leite de amêndoa e fruta!