quinta-feira, 11 de julho de 2013

GANHAR MASSA MAGRA!

Ganhar massa magra não é fácil! Com esforço e dedicação conseguimos perder massa gorda, conseguimos perder peso, mas normalmente é mais dificil no meio de tudo isto ganhar mais massa muscular.

Então como o fazer? O corpo responde aos estímulos que lhe damos, e da forma como damos esse estímulo. Se não for submetido a um estímulo de forma "rotineira", digamos, habitual e quase diária, ele não atinge os seus limites e não se adapta ao novo tipo de estímulo. Então, em primeiro lugar, fazendo musculação de forma regular, o corpo reagirá, construindo musculos mais fortes e maiores.

No entanto, se não aplicarmos o princípio da sobrecarga progressiva, o corpo volta a atingir um nível de adaptação, habitua-se e deixa de crescer e construir nova massa muscular. Temos de aplicar constantemente uma sobrecarga progressiva para poder desafiar o corpo e provocarmos sempre uma nova resposta.



Não adianta fazer sempre o mesmo número de séries e repetições, o mesmo plano de treino, a mesma ordem de exercícios ou deixa de existir um esforço progressivo. O corpo deixa de reagir, porque se habitua.

Este é um dos principais factores pelo qual a maioria de nós deixa de desenvolver massa muscular.

Ao esforço progressivo é preciso associar um aumento calórico, pois os musculos constroem-se e crescem com essas calorias/energia extra que damos ao corpo. Mas em vez de engordarmos, vamos criar um aumento de massa muscular porque vamos usar esta energia extra da forma adequada (ela não vai ser armazenada), através de um plano de treino adequado e de um plano alimentar focado neste objectivo.

Este plano alimentar, terá de ter em conta a proporção de proteínas, hidratos e gorduras ingeridos diariamente. Neste caso, não basta contar calorias, mas é essencial fazer a divisão por macronutrientes.

Por outro lado, um dos factores que pode ajudar na conquista de massa muscular, é a suplementação. Esta não deve substituir refeições nem alimentos, ela vai sim suportar uma alimentação cuidada e adequada e um treino específico e reduzir algumas falhas que não conseguimos repor unicamente através da alimentação e do repouso.

E assim, por ultimo, e não menos importante, está o repouso e a recuperação. Diz-se que não se cresce no ginásio mas sim durante o repouso, e é verdade! Durante o treino "massacramos" o musculo e criamos como que microlesões no mesmo, e durante o repouso o musculo recupera sempre um pouco maior e mais forte para aguentar um futuro esforço igual. Por isso não é benéfico treinar de forma excessiva.

Procura ajuda profissional se necessário ou lê sobre o assunto e faz medições que te permitam ver as tuas evoluções.

Bons treinos.