terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

UPS! E AGORA?

Ontem tive um contratempo na minha alimentação. Já tinha feito o meu estrago no dia 14 e não estava a contar com esta tentação que apareceu no meu caminho, mas nem sempre temos tudo calculado. Devíamos estar focados e saber recusar quando é o momento de recusar, mas ás vezes a "carne" é fraca e a tentação mais forte do que nós. No meio da animação, entre familia e entre carinho e boa disposição lá foram 2 fatias de uma tarte de limão de comer e chorar por mais, mais uma meia dúzia de biscoitos de manteiga. A sensação na altura é de me sentir um pequeno animalzinho esfomeado a comer, e sabe tão bem! Mas depois fico com remorsos e a sentir-me uma fraca.
Sei que não é este deslize que altera a nossa vida, principalmente quando levamos a vida de uma maneira geral cuidada, e sei que o impacto não é grande, mas faz-nos estremecer quando pensamos na pouca força de vontade.
Mas o importante nestes deslizes é darmo-nos conta deles, sermos conscientes, já que o fizemos aproveitar e saborear no momento, e depois olhar em frente, olhar para o dia de amanhã e voltar a focar as energias no caminho certo. Não vale a pena ficar a chorar sobre o leite derramado, e ficar a pensar, perdido por 100 perdido por 1000! Não, senão entramos numa espiral.
Hoje é um novo dia, retomamos os nossos objetivos cheios de energia e secalhar ainda mais motivados.
E o que vos quero passar hoje é que estes deslizes não se aplicam só á alimentação e treino, aplicam-se a todas as áreas da nossa vida. Quando temos uma fraqueza não programada, quando erramos, o importante é admitir o erro, pensar nas consequências e na sua solução, e não ficar lá parado no problema. Seguir em frente com ainda mais força do que antes.
Bons treinos.