sábado, 10 de agosto de 2013

UMA HISTÓRIA VERDADEIRA: INÊS!

A Inês é uma colega de trabalho que recentemente adoptou um novo estilo de vida e mostrou a todos como a força de vontade é a unica coisa necessária para alcançar o que desejas!

Convidei-a a ser a primeira entrevistada do fitness e pó de arroz e contar a sua recente história e a responder a umas perguntinhas para nos dar algumas dicas. Como ela diz, tudo depende do foco...eu acho que também depende do sorriso com que se enfrenta a vida, e no caso dela, o sorriso é sem duvida motivante.
























Inês, recentemente decidiste perder peso e perdeste 12kg até agora certo? De onde partiu esta decisão?

Sim, começou como uma daquelas resoluções de Ano Novo...é este ano que vou emagrecer. No entanto, este ano havia qualquer coisa diferente, fazia 30 anos em Março e queria perder cerca de 10 kgs até à data do meu aniversário. A verdade é que com isto em mente, consegui focar-me mais no objectivo que tinha delineado e no dia 17 de Março tinha efectivamente menos 10 kgs.





O facto de te sentires com uns quilinhos a mais mexia contigo?

Quer queiras quer não, é obvio que o facto de ter uns quilos a mais nunca é uma situação agradável...não gostas de te ver com quase nada, não te sentes bem na praia, acabas por ter falta de confiança em ti. Acho que devemos fazer sempre as dietas por nós, para nos sentirmos melhor connosco próprios e  não porque sentimos uma pressão social ou porque os outros nos  dizem que o devemos fazer. Mas sem dúvida que observar as alterações do nosso corpo e ver que o nosso esforço também é valorizado pelos outros é uma óptima sensação.

Como foi esse processo? Foi difícil?

Como tinha uma meta delineada, tive de tomar medidas drásticas. Assim sendo, cortei da minha alimentação hidratos de carbono e açucares (comia hidratos apenas 2 a 3 vezes por semana). Em conjunto com uma alimentação regrada, corria todos os dias durante uma hora (uma corrida lenta...com o tempo, eu que odiava correr, tornei-me uma viciada!). Nesta fase inicial, e acima de tudo para me obrigar a ir ao ginásio, comecei a treinar com um PT duas vezes por semana (eram os dois únicos treinos de força semanais, todos os outros por querer perder peso rapidamente, fazia só corrida).

À medida que o tempo ia passando, os resultados fizeram-se notar, isto só vem facilitar o processo e dar uma maior motivação.

Quando atingi a perda de peso desejada, alterei o meu plano de treino. Comecei a fazer mais treinos de força intercalados com cardio. Neste momento, o meu objectivo é estabilizar o peso e tonificar/delinear o meu corpo.
 
Tiveste muitas alterações de peso durante a adolescencia e depois de adulta?

Penso que o meu maior problema sempre foi ser muito mas mesmo muito gulosa, enchia-me de doces, açucares, etc. Apesar de sempre ter feito muito desporto nunca tive qualquer tipo de contenção na altura de comer. Como é obvio, nao há milagres e o nosso corpo não consegue queimar tudo aquilo que ingerimos. Sempre que tinha atenção ou tentava controlar este aspecto, emagrecia rapidamente.

Como te sentes hoje em dia? A tua vida e relação contigo mudou?

Hoje acima de tudo, gosto do estilo de vida que levo. Muito mais saudável, activo e divertido. É impensável passar um dia sentada num sofá ou numa cama sem fazer qualquer tipo de desporto. Sabe bem ir a uma loja e ver que em vez de comprar roupa número 42 ou L, posso comprar um 36/38 e um M ou S. É óptimo olharmo-nos ao espelho e gostar de ver como as coisas nos assentam. No entanto, saber que está tudo bem com a minha saúde é sem dúvida a melhor parte.

Quais os alimentos que cortaste na tua dieta e quais começaste a ter em conta?

Como já disse, cortei os hidratos de carbono e os açucares, restringindo os primeiros para 2 a 3 vezes por semana. Comecei a comer mais grelhados e carnes brancas sempre acompanhadas por verduras. Muitas vezes ao jantar comia apenas sopa e aquelas gelatinas de 10 kcal que agora se encontram em todos os supermercados.

Flocos de aveia, frutos vermelhos, queijo fresco batido são alguns dos alimentos que introduzi na minha alimentação, sobretudo ao pequeno-almoço por me saciarem e deixarem com energia para o resto do dia.

E água...muita, muita água durante todo o dia!

Tiveste recaídas?

Durante o tempo da dieta estava extremamente focada e como obtive resultados rapidamente, não tive qualquer recaída. Hoje em dia, ainda por cima sendo Verão, não resisto a um gelado, a um doce ou aos petiscos ao final do dia. (Embora tente que seja tudo controlado)

Como é a tua alimentação num dia normal?

Geralmente acordo e tomo um bom pequeno almoço composto por frutos vermelhos, granola integral, iogurte ou queijo fresco batido. Durante a manhã como uma peça de fruta. Para almoçar costumo comer carne ou peixe grelhado com verduras ou então uma salada. Durante a tarde como um iogurte ou uma gelatina. O jantar costuma ser sopa ou então uma salada.

E a tua relação com o desporto mudou? Que actividade fazes actualmente?

Como já disse, para mim hoje é impensável não fazer desporto. Tento ir pelo menos 4 vezes por semana ao ginásio. Faço as minhas corridas exteriores sempre que posso. Se estou na praia vou jogar raquetes ou voleibol. E ando a experimentar SUP (Stand up paddle), que trabalha vários músculos.

Além disso, recentemente viciei-me em padel, que além de ser um óptimo desporto, por ser jogado a 4 potencia o convívio.


Fazes algum tratamento estético em conjunto?

Faço duas vezes por semana massagens drenantes nas zonas mais críticas (barriga, coxas e braços) durante uma hora. So comecei vai fazer agora um mês. Uma hora de tortura pura mas que tem tido resultados muito positivos, sobretudo ao nível da flacidez, dado que perdi muitos quilos em pouco tempo.

Tens cuidados especiais de beleza?

Neste momento ponho duas vezes por dia um creme da Galenic para as estrias e "encho-me" de creme hidratante da Uriage. Quando tenho coragem, que é o mesmo que dizer nas noites mais quentes, aplico um creme frio de mentol e cânfora que ajuda na flacidez.

Quando te permites "estragar" e normalmente com que iguarias te perdes?

Chocolate, chocolate, chocolate...a minha perdição! Hoje em dia, e porque treino bastante, se me apetecer comer um bocado ou até mesmo uma sobremesa, já o faço. Nos dias em que isso acontece, tento intensificar mais no cardio de forma a queimar as calorias ingeridas. Controlo também o resto da alimentação, por exemplo, comi uma sobremesa ao almoço, então janto um bife grelhado com salada ou uma sopa.

Um corpo que ambicionas?

Nao ambiciono nenhum tipo de corpo especifico. Quero sentir-me bem no meu corpo. Neste momento e o meu objectivo pessoal para os próximos tempos, é trabalhar e delinear mais a zona abdominal, glúteos e as coxas. Agachamentos, muuuuuuiiiiiittooossssss agachamentos!!!!

Uma mulher bonita?

É difícil destacar uma só.

Prato preferido?

Adoro bacalhau com broa e sobremesas com chocolate!

Conselho que darias a alguem que quer perder peso?

Que tal não é impossível como se torna muito divertido! Tornarmo-nos pessoas activas, saudáveis e sãs tanto fisicamente como psicologicamente é um objectivo ao alcance de todos. Mudar pequenos hábitos diários, trocar um ou outro alimento na nossa alimentação são pequenos gestos que podem fazer toda a diferença e produzir resultados a médio e longo prazo altamente benéficos para a nossa saúde.

Lema de vida?

Aproveitar cada segundo...