segunda-feira, 14 de julho de 2014

FEELINGS: MAIS APOIO PRECISA-SE!

Julgar é tão fácil! Criticar e fazer juízos de valor também! Pena que, apoiar, no verdadeiro sentido da palavra e não só de forma diplomática, compreender e não ter preconceitos não é tão fácil, não é para todos, e em algum momento dos nossos dias, todos os dias, acabamos por criticar alguém e nem nos apercebemos.

 
 
Julgamos quando vemos alguém com peso a mais, sem sequer saber o caminho que aquela pessoa percorreu e sem saber que talvez esteja a meio do seu processo, talvez até já tenha perdido muito mais peso do que aquele que se vê e esteja na sua luta diária, talvez até já treina e faz uma alimentação saudável, talvez lhe doa cada quilo que perde e que não perde, e talvez "apenas" lhe falta meio caminho para lá chegar! Não sabemos, mas se a vemos a comer um bolo na pastelaria, no seu cheat meal pelo qual esperou semanas (e que não sabemos), pensamos logo que não lhe chega o peso e ainda come doces!

Quando vemos alguém com corpo musculado e atlético pensamos logo nas "bombas" que tomou para chegar ali, que "assim também eu seria igual", e que ainda por cima de certeza que tem sorte por ter uma boa genética! Ninguém pensa no trabalho que deu e dá diariamente, dos esforços que se fazem a nível de nutrição e de treino, e do quanto se sacrifica!

Assim é em praticamente tudo na vida, o indivíduo que tem um bom emprego é um sortudo ou vendeu-se em troca de algo, nunca é fruto do seu trabalho, o indivíduo que sorri ao mundo e está sempre feliz é porque não tem problemas na vida, não é porque decidiu viver a sua vida e os seus problemas com garra e um sorriso no rosto!



Por isso devemos acima de tudo contar connosco próprios, mais do que contar com qualquer outra pessoa, em primeiro lugar temos de acreditar, confiar e contar conosco, procurar primeiro a ajuda dentro de nós próprios e só depois dos outros. É verdade também que é muito importante o apoio dos que estão á nossa volta para alcançar os nossos objectivos, mas essa ajuda deve vir em segundo lugar! E em ultimo lugar ou de preferência em lugar nenhum, deve vir a opinião dos outros! Ninguém mais do que nós sabe o que passamos, o que sentimos, o que vivemos, o que desejamos...tal como nenhum de nós sabe o que sente o outro! Um pouco mais de compaixão e um pouco menos de julgamento...precisa-se!

O que nós somos, aquilo em que acreditamos, o que pensamos, determina como sentimos a nossa vida, a nossa atitude, e consequentemente o que alcançamos! Por isso coloca-te em primeiro lugar e valoriza-te, valoriza o teu percurso e procura o apoio dos que te são importantes, o resto não importa!
E com confiança, individualmente seremos fortes, e junto dos que mais amamos seremos invencíveis!

Bons treinos!